Programa de Internacionalização da Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde (PICTIS)

Um centro de pesquisa, ensino, inovação, desenvolvimento tecnológico e empreendedorismo em saúde liderado pelo Instituto Oswaldo Cruz da Fundação Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz/Brasil) e pela Universidade de Aveiro (UA/Portugal).

Um mecanismo inovador de cooperação internacional

Sobre o programa

O PICTIS é estruturado em laboratórios setoriais especializados em gerar processos, produtos e serviços, com especial atenção ao Sistema Único de Saúde do Brasil (SUS) e ao Serviço Nacional de Saúde de Portugal (SNS), bem como em difundir novos conhecimentos e tecnologias para o bem-estar das sociedades.

É um mecanismo inovador de cooperação internacional que materializa a Política de Inovação da Fiocruz, lastreada pelo Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) do Brasil, e o Plano Estratégico da Universidade de Aveiro, voltado à internacionalização das Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs).

06

Laboratórios setoriais

65

Instituições apoiadoras de 15 países

Nossa missão

Produzir e difundir novos conhecimentos em saúde e inovação tecnológica, promovendo a criação ou melhoria de processos, produtos e serviços através do desenvolvimento de redes de cooperação internacional e do empreendedorismo científico e tecnológico.

Nossa visão

Ser reconhecido como centro de excelência internacional em Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde.

O que fazemos

Nossas ações estão em sintonia com os objetivos do Acordo de Cooperação Científica e Tecnológica (C&T) Brasil-União Europeia no campo da pesquisa e inovação.

Ensino

Oferta de disciplinas de Programas de Pós-graduação nas Instituições envolvidas, disciplinas internacionais, intercâmbio de estudantes e docentes, visitas técnicas, programas de imersão no ecossistema europeu de CT&I e cursos internacionais.

Pesquisa

Projetos colaborativos e participação em consórcios e redes internacionais, eventos técnico-científicos e mobilidade de pesquisadores.

Desenvolvimento tecnológico, inovação e empreendedorismo

Apoio à internacionalização, softlanding, acesso à ambientes promotores da inovação e matchmaking com organizações europeias públicas e privadas.

Assista ao vídeo

Sobre o PICTIS

Estrutura e Organização

Seis Laboratórios Setoriais de Pesquisa (LabSec) constituem o núcleo do Programa, com equipes multidisciplinares compostas por pesquisadores e professores da Universidade de Aveiro (UA), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e de universidades ibero-americanas e europeias

Clique na imagem para ampliar a mesma.

Laboratórios Setoriais

Os LabSecs são materializados por trabalho em rede e estruturados como plataformas-laboratórios multiusuários. Utilizam a capacidade instalada das instituições parceiras e atuam ancorados em Memorandos de Entendimento, Acordos de Cooperação, Cartas Compromisso e Cartas de Apoio.

LabSec 1
Inovação

Saiba mais
Gerar conhecimento científico em gestão da inovação, políticas de CT&I, empreendedorismo, ecossistemas de inovação em saúde e transferência de tecnologias e realizar conexão com o tecido empresarial.
Entre em contato

LabSec 2
Saúde Única / Saúde Global

Saiba mais
Gerar conhecimento científico na abordagem da saúde única/saúde global para a promoção de territórios saudáveis e sustentáveis e realizar pesquisa em biodiversidade e informação em saúde ambiental.
Entre em contato

LabSec 3
Saúde Digital e Indústria 4.0 no Setor Biofarmacêutico

Saiba mais
Realizar projetos, iniciativas e atividades que ligam conceitos, elementos e ferramentas preconizados pela Indústria 4.0, tais como inteligência artificial e internet das coisas (IoT), às áreas de saúde.
Entre em contato

LabSec 4
Fármacos, Medicamentos e Bioprodutos

Saiba mais
Gerar conhecimento para uso do big data em saúde, prospecção tecnológica e estudo das tecnologias portadoras de futuro (nano e bio), de ciência da informação e comunicação e a gestão e translação do conhecimento científico e tecnológico em saúde.
Entre em contato

LabSec 5
Biotecnologia

Saiba mais
Gerar conhecimento em biotecnologia, biologia celular, molecular, computacional, proteômica, engenharia de proteínas, modelos algoritmos para exploração de sequências genômicas e buscar alvos para diagnósticos e terapias.
Entre em contato

LabSec 6
Saúde Coletiva / Atenção Primária / Humanidades

Saiba mais
Gerar conhecimento científico, avaliar sistemas e programas de saúde, direito, saúde e cidadania, promoção da saúde, determinantes sociais, equidade (gênero e raça/etnia), diversidade, violência, migrações, políticas públicas e desigualdades sociais na saúde.
Entre em contato
Quer saber mais sobre o PICTIS e como fazer parte do programa?

Equipe

Equipe altamente qualificada formada por mestres e doutores de diversas Instituições de Ensino Superior e Centros de Pesquisa do Brasil e Europa

Laboratórios Setoriais

Instituições líderes

Instituto Oswaldo Cruz da Fundação Oswaldo Cruz

O Instituto Oswaldo Cruz é a mais antiga unidade técnico-científicas da Fundação Oswaldo Cruz. Criado em 1900 como uma iniciativa pioneira no país, em seus 124 anos de existência o Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) diversificou suas ações e hoje constitui um complexo que gera conhecimento, produtos e serviços na área biomédica para atender as necessidades da saúde da população brasileira. O IOC atua nas áreas de pesquisa, ensino, desenvolvimento tecnológico e inovação e na prestação de serviços de referência para diagnóstico de doenças infeciosas e genéticas e controle de vetores.
A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vinculada ao Ministério da Saúde do Brasil, é reconhecida como a mais destacada e influente instituição de ciência e tecnologia em saúde da América Latina e tem como missão produzir, disseminar e compartilhar conhecimentos e tecnologias para o fortalecimento e a consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS) e contribuir para a promoção da saúde, a qualidade de vida e a redução das desigualdades sociais.
 
Instituições líderes

Universidade de Aveiro

A Universidade de Aveiro (UA), fundada em 1973, é uma fundação pública com regime de direito privado que tem como missão a intervenção e o  esenvolvimento da formação graduada e pós-graduada, a investigação e a cooperação com a sociedade.

A missão da UA é criar, compartilhar e aplicar conhecimento, envolvendo toda a comunidade através do ensino, da investigação e da cooperação com o meio envolvente, com vista a fazer uma clara diferença para os indivíduos e a sociedade.

Apoiadores

O PICTIS conta com apoio de 65 instituições de 15 países que se manifestam em cartas e comunicados oficiais, como a Delegação da União Europeia no Brasil, a Embaixada de Portugal em Brasília, o Ministério de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal, a Organização de Estados Ibero-americanos (OEI) e a Direção-Geral de Pesquisa e Inovação da Comissão Europeia (Bruxelas), dentre outros

Onde estamos

O PICTIS está no PCI Creative Science Park – Parque de Ciência e Inovação de Aveiro, voltado à promoção de projetos de inovação e empreendedorismo em articulação com a Universidade de Aveiro.

Com área de 3.000 m², o PCI tem espaços projetados para receber pesquisadores, empreendedores e empresas de inovação na área de Tecnologias de Informação, Comunicação, Electrónica (TICE) e Saúde.

Quer saber mais sobre o PICTIS?

Fale conosco

Telefone: (Direct)

+351-927 485 955

Parque de Ciência e Inovação - PCI Creative Science Park Aveiro

Via do Conhecimento, Edifício Central, 3830-352, Ílhavo, Portugal

Para mais informações entre em contato.